Embalada pelo som da Singer

maquina singerTenho ótimas recordações de ver minha mãe costurando em sua máquina Singer. Ela me diz que enquanto costurava, eu ficava no carrinho de bebê  ao lado, e, ou ela me embalava ou deixava os pés no pedal da máquina. Eu me acostumei desde cedo com aquele som, e era muitas vezes embalada por ele. Estou saudosista. Hoje cedo, minha filha acordou e entrou no meu ateliê – olhou para a velha máquina Singer parada no canto e balbuciou… Sin-ger! Eu respondi, isso mesmo filha essa marca é bem antiga. Claro, não me contive e fui ler sobre o assunto que descrevo a seguir.  A I.M. Singer & Co foi fundada em 1851 pelo empresário e inventor Isaac Singer, norte-americano. No Brasil ela se confunde com a história do país, e em 1858, foi aberto no Rio de Janeiro o primeiro ponto de vendas da máquina. Trinta anos depois a Princesa Isabel concedeu autorização para a SINGER funcionar no Brasil e passou a ter filiais em várias cidades. Curiosidade: a Singer foi quem implantou no país o sistema de vendas a prazo, com pagamentos semanais. Hoje a companhia é a maior fabricante mundial de máquinas de costura doméstica. Presente em mais de 150 países, possui quase 10 mil funcionários e é líder na maioria dos mercados em que atua. E eu continuo apaixonada por costura e pelo som que a máquina produz enquanto  se cria algo novo, seja ela velha ou nova.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *