Velha e doce infância!

meninaNão sei se você é como eu. Mas, vira e mexe me pego lembrando de algum detalhe da minha infância, e são vários fatores que me levam ao passado. Àquela infância inocente que não volta mais. Um cheiro, uma brincadeira, uma palavra, uma velha canção, a chuva no cair da tarde, um desenho animado. São lembranças, memórias vivas que me alegram e confortam o coração. Boas recordações que me fazem querer fazer o melhor pelas minhas filhas para que, quando elas chegarem na minha idade também possam lembrar dos momentos que marcaram uma época. Ser criança é muito bom! Cheiro de inocência, de felicidade, uma mistura de sentimentos sempre com curiosidade, e vontade de querer crescer logo e saber algo novo. Tempo bom que não volta! Aí crescemos e pensamos: -Ah! Se ainda fosse criança. Enfim, essa é a ciranda da vida e não dá pra fujir. Então vou aproveitar para recordar… Das brincadeiras com meu irmão, das brincadeiras na rua sem medo, pic esconde, pega-pega, queimada… Do pedido de Natal – “Pai, não esqueça a minha Caloi!” – Dos bolinhos de chuva que mamãe fazia nas tardes de primavera. Das cabanas que papai montava no quintal com pedaços de madeira. Dos passarinhos que teimavam em cair do ninho. Playmobil, fofoletes,  e outros tantos que alegravam a nossa vida. Não havia tecnologia naquela época, nada de IPhones, IPods, ITunes, IPads. Os únicos “ais” que haviam era o som que pronunciávamos depois de algum acidente, seguido da palavra “mãe” – Aí, mãe, me machuquei!. Mesmo assim éramos tão felizes, bem mais do que hoje que as crianças tem acesso à tudo, mas perdeu-se o toque, o contato, o sorriso. Por isso, em casa penso sempre em resgatar certos valores, para que elas, Marcela e Luísa saibam valorizar o que tem que ser valorizado. Existe uma coisa chamada “legado” e quero deixar pra elas tudo que puder, para que vivam melhor nesse mundo doido. Respeito aos outros, amor às pessoas, carinho, solidariedade, esperança e fé! Valores que hoje se perderam, e que precisam ser resgatados. É isso, é exatamente isso que quero que fique na memória e coração delas sempre! Hoje é dia de contar a elas sobre minha infância, ver fotos e em cada momento ensinar esses valores de amor e respeito, assim elas vão crescer e aplicar o que aprenderam da forma que tem que ser! FELIZ DIA DAS CRIANÇAS!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *